Setor imobiliário volta a aquecer em Pernambuco
02/02/2024 17:55 em Novidades

O setor imobiliário de Pernambuco está respirando, crescendo e com perspectivas otimistas depois de oito anos sob impactos de diversas crises, como a política em 2015 e 2016, a dos distratos entre 2015 e 2018, e a pandemia em 2020. Algumas construtoras bateram recorde de vendas em 2023 num aquecimento iniciado, gradualmente, em 2021. “Esta retomada ocorre principalmente em dois mercados: o de baixa renda, mais econômico, e o de alto padrão”, resume o presidente da Ademi-PE, Rafael Simões. 

 

O mercado imobiliário que tem como cliente a população de baixa renda está aquecido principalmente para as construtoras que oferecem unidades que podem ser adquiridas no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e também por demandas feitas pelos governos do Estado e prefeituras também voltadas para o mesmo público. Cerca de 80% das pessoas que não possuem uma moradia ganham até dois salários mínimos, o que mostra o grande potencial deste mercado.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!